Minas teve grande aproveitamento no ataque e um bom desempenho na defesa, vencendo o jogo por 80 a 75.

• atualizado em 11/01/2018 às 13:50  

Quem esteve na Arena MTC, na noite desta quarta-feira (10/1), testemunhou um grande jogo de basquete. E os protagonistas foram os jogadores e a comissão técnica do Minas. Em partida válida pelo primeiro turno do Novo Basquete Brasil (NBB) 2017/18, a equipe comandada por Flávio Espiga recebeu o Pinheiros. Os mineiros contaram com grandes atuações individuais, mas o jogo coletivo fez a diferença. O Minas teve grande aproveitamento no ataque e um bom desempenho na defesa. Com isso, venceu o jogo por 80 a 75 (23/13, 17/20, 19/11 e 21/31). Agora, a equipe volta a jogar pelo NBB na noite deste domingo (14/1), às 20h, quando enfrenta, em Salvador (BA), o Universo/Vitória.

A partida

O primeiro quarto foi de domínio minastenista. Com bom aproveitamento no ataque e força na defesa, o Minas foi superior e fechou com vitória parcial por 23 a 13. No segundo quarto, os visitantes mostraram poder de reação, foram melhores e venceram por 20 a 17. Na volta do intervalo, o Minas, novamente, teve bom aproveitamento no ataque e, com a forte defesa, não dava espaços ao adversário. Assim, venceu a parcial por 19 a 11. No último quarto, o Pinheiros encostou no placar, fazendo 31 a 21 na parcial, mas o Minas conseguiu vencer o confronto por 80 a 75.

O cara

O grande destaque da vitória minastenista foi o pivô Wesley, com 21 pontos, quatro rebotes e uma assistência.

Foram bem

Gegê (armador) – dez pontos, três rebotes e 11 assistências.
Audrei (ala) – 14 pontos, três rebotes e uma assistência.

Com a palavra

“Todos os nossos jogos estão tendo uma história bacana. Lógico que é ruim perder, mas mostra que a nossa equipe sempre briga, sempre luta, nunca desiste. Isso mostra a força do grupo. Hoje, não foi diferente. A gente perdeu o Teichmann, no começo do jogo, e ele é um líder do nosso grupo. A gente soube dar a volta por cima. Abrimos uma vantagem boa. O Pinheiros é uma grande equipe, teve méritos de chegar, mas a gente teve capacidade, força e muita concentração para fechar o jogo. O grupo inteiro está de parabéns. É isso, é crescer a cada dia, para melhorar sempre” – armador Gegê.

Desafio do bem
A participação da torcida no jogo foi muito importante. Não só para os atletas, mas também para quem estava fora das quadras. Durante a partida, os torcedores participaram do Desafio do Bem. Uma bicicleta ergométrica da Life Fitness foi instalada na Arena. O torcedor pedalou e ajudou o Instituto Mário Penna, que, por ano, atende mais de 300 mil pacientes com câncer. A quilometragem atingida pelos torcedores (55km) é equivalente à porcentagem da bilheteria arrecadada (55%) e que será doada ao Instituto. A ação é uma parceria entre o Instituto Mário Penna e o Minas Tênis Clube e visa chamar atenção para a prevenção do câncer de próstata, segundo tipo de câncer que mais mata homens no Brasil. A ação teve o apoio do Minas Tênis Clube e da Life Fitness, patrocinadora do time de basquete do Minas.

#maisqueumjogo

Basquete e Pizza
Quem acompanhou o jogo do Minas participou do Life Fitness Basketball Experience. Ao chegar para a partida, o torcedor recebeu um voucher da pizzaria Dona Margherita, e o valor pago no ingresso poderá ser revertido em desconto na pizza da Donna Margherita. Para ganhar o desconto, é necessário apresentar o voucher e o ingresso do jogo na pizzaria. A promoção é válida de segunda a quarta-feira, durante o NBB 10. Será aceito apenas um voucher promocional para cada pizza.

Torcida Minas Storm
s torcedores cadastrados devem apresentar a carteira de identidade no dia do jogo para ganhar uma camisa da Torcida Minas Storm. Serão contemplados os cem primeiros que chegarem à Arena em cada rodada.
Cadastre-se e venha torcer conosco por uma das equipes de basquete mais tradicionais do Brasil! Juntos somos mais fortes! #MinasStorm

Ficha técnica

Minas: Gegê, Roquemore, Audrei, Teichmann e Wesley.
Entraram: Lelê, Mosso, Jefferson Campos, Rush e Big.
Técnico: Flávio Espiga.

Pinheiros: Bennett, Ruivo, Ansaloni, Lupa e Holloway.
Entraram: Gui Bento, Vitor, Ware, Sena e Arthur.
Técnico: César Guidetti.

Árbitros: Cristiano Jesus Maranho, Gustavo Edson Mathias e Eduardo Albano.

Público: 634 torcedores.

Novo Basquete Brasil (NBB) 2017/18
7/11 – Minas (82 x 81) Vasco da Gama – Arena Minas Tênis Clube
14/11 – Campo Mourão (69 x 77) Minas – Campo Mourão (PR)
16/11 – Paulistano/Corpore (93 x 86) Minas – São Paulo (SP)
25/11 – Minas (74 x 56) Botafogo – Arena Minas Tênis Clube
28/11 – Minas (86 x 84) Caxias do Sul – Arena Minas Tênis Clube 
4/12 – Minas (69 x 52) Joinville/AABJ – Arena Minas Tênis Clube
15/12 – Minas (76 x 83) Flamengo – Arena Minas Tênis Clube
21/12 – Sesi/Franca Basquete (75 x 55) Minas – Franca (SP)
23/12 – Bauru Basket (89 x 70) Minas – São Carlos (SP)
5/1 – Minas (71x 61) Liga Sorocabana – Arena Minas Tênis Clube
7/1 – Minas (65 x 82) Mogi das Cruzes/Helbor – Arena Minas Tênis Clube
10/1 – Minas (80 x 75) Pinheiros – Arena Minas Tênis Clube
14/1 – 20h – Universo/Vitória x Minas – Salvador (BA)
16/1 – 20h30 – Solar/Basquete Cearense x Minas – Fortaleza (CE)

comentários