Que início! O Atlético começou muito bem a temporada 2016 e já garantiu o primeiro título do ano. Na tarde deste domingo (17), o time mineiro derrotou o Corinthians em duelo equilibrado por 1 a 0 no FAU Stadium, em Boca Raton, e garantiu de forma antecipada o título da Florida Cup. O gol da vitória foi marcada pelo atacante novato Hyuri, primeiro dele com a camisa atleticana, em jogada do outro novato Juan Cazares. Vale lembrar que ainda restam duas partidas para fechar a competição, mas o título já é atleticano.

Com o empate em 1 a 1 no outro jogo do dia entre Fluminense e Shakhtar Donetsk-UCR, o Galo garantiu matematicamente o título da Florida Cup, o primeiro de 2016. O time alvinegro chegou a seis pontos ganhos e como não existe a possibilidade de mais nenhum clube chegar a essa pontuação, os mineiros já são campeões da competição. Corinthians, Shakhtar Donetsk-UCR, Fluminense e Inter ainda têm um jogo para disputarem, mas com um ponto só no primeiro jogo, só chegarão no máximo nos quatro pontos.

Agora, o Atlético se despede dos Estados Unidos e retorna para Belo Horizonte nesta segunda-feira (18) para continuar com o resto de sua pré-temporada. O Galo muda o foco e começa a pensar no rival Flamengo, primeiro adversário da Copa Sul-Minas-Rio, também chamada de Primeira Liga, no próximo dia 27 de janeiro (quarta-feira), no Mineirão. Já no dia 31, é a vez do time alvinegro estrear no Mineiro diante do Uberlândia fora de casa. Já a Libertadores começa para os mineiros no dia 17 de fevereiro em duelo contra o Melgar-PER no Peru.

Jogo equilibrado

O primeiro tempo de Atlético e Corinthians foi disputado e bem equilibrado. Pouco amistoso e os dois times buscando a vitória. A primeira chance foi paulista aos 9 minutos, quando Malcom apareceu bem pela esquerda e tentou um cruzamento, a bola foi direta para o gol e Victor foi obrigado a espalmar, fazendo boa defesa. O Galo respondeu dois minutos depois, Luan fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro na área, Thiago Ribeiro, embaixo do gol, acabou desviando por cima do gol e perdeu chance incrível.

As duas equipes criavam oportunidades de gol, o jogo era bem equilibrado. O Corinthians teve duas boas chances de abrir o placar. Uma aos 16 minutos com Bruno Henrique arriscando de longe e Victor fazendo boa defesa, a outra com Romero tentando de cabeça após cobrança de falta e acertando o travessão, perto do ângulo do goleiro atleticano. O Atlético respondeu aos 31, com Dátolo chutando da direita e acertando a trave, Luan tentou no rebote e Walter fez bela defesa.

As duas equipes lutavam muito em campo e mesmo em início de temporada mostravam um bom futebol. Tanto mineiros como os paulistas erraram alguns passes e procuravam marcar a saída de bola do adversário. O equilíbrio era digno das duas melhores equipes do Brasileirão em 2015.

O Galo ainda teve oportunidade de abrir o placar no primeiro tempo. Aos 40 minutos, Leandro Donizete ficou com sobra de bola após escanteio e arriscou de fora da área, ele acertou uma bomba e mandou por cima com perigo. O Corinthians respondeu quatro minutos depois, Malcom entrou na área em lance muito perigoso, porém Jemerson chegou na hora h e conseguiu tirar a bola. Primeira etapa sem gols no FAU Stadium, em Boca Raton. 0 a 0.

Hyuri garante a vitória atleticana

O Atlético voltou sem alterações para a etapa final. Já o Corinthians mudou duas vezes no intervalo, com Guilherme Arana e Lucca entrando nos lugares de Uendel e Romero. O jogo caiu um pouco no início do segundo tempo em relação ao primeiro.

Apesar de não mudar o Galo no intervalo, Aguirre não demorou para promover as primeiras duas substituições. Ele mandou a campo aos 10 minutos os novos contratados Juan Cazares e Hyuri nas vagas de Dátolo e Thiago Ribeiro. E as alterações rapidamente deram muito certo. O equatoriano Cazares fez linda jogada aos 12 e deixou Pratto na cara do gol, o argentino rolou a bola para Hyuri marcar e abrir o placar. Primeiro dele com a camisa atleticana. 1 a 0.

O segundo gol do Atlético quase saiu no minuto seguinte depois do placar ser aberto. Pratto apareceu bem no ataque, mas escorregou e a bola sobrou para Cazares, o equatoriano arriscou o chute e Walter defendeu.

As duas equipes continuarão realizando muitas mudanças, os dois técnicos alteram quase o time inteiro, principalmente o Corinthians, que ficou apenas com o zagueiro Felipe de titular em campo no final.

No final da partida, o Corinthians até tentou pressionar, mas foi o Galo que teve chance incrível de marcar o segundo. Aos 47 minutos, Patric cruzou rasteiro na área para Hyuri, o atacante de frente para meta e com o gol praticamente vazio, desviou com categoria e acabou acertando o travessão. Ele não acreditou na chance que perdeu. Mas mesmo assim acabou sendo um dos heróis do jogo ao marcar o gol da vitória. Festa atleticana após o apito final. 1 a 0.

Confira a ficha técnica do jogo:

ATLÉTICO 1 X 0 CORINTHIANS

Motivo: Florida Cup 2016
Data e horário: 17/01/2016, domingo, às 17h (horário de Brasília)
Local: FAU Stadium, em Boca Raton
Árbitro: Marcos de Oliveira (EUA)
Auxiliares: Kevin Klinger (EUA) e Hayden Oscanoa (EUA)

Gols: Hyuri (ATL), 12min 2ºT

Cartões amarelos: Marcos Rocha e Leonardo Silva (Atlético); Edilson (Corinthians)

Atlético: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva (Erazo), Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete (Lucas Cândido), Rafael Carioca (Eduardo), Luan (Carlos), Dátolo (Juan Cazares) e Thiago Ribeiro (Hyuri); Lucas Pratto (Patric). Técnico: Diego Aguirre.

Corinthians: Walter; Fagner (Edilson), Gil (Yago), Felipe e Uendel (Guilherme Arana); Elias (Marciel), Bruno Henrique (Moisés), Rodriguinho (Cristian), Danilo (Mendoza) e Malcom (Marlone); Romero (Lucca). Técnico: Tite.

Relacionados

comentários