América-MG saiu de campo sem sofrer gols em 14 oportunidades, o que faz com que a equipe tenha a melhor defesa da competição com apenas 16 gols sofridos.

 

O América-MG segue caminhando a passos largos rumo à elite do futebol brasileiro. Na noite da última terça-feira (19), o Coelho venceu por 1×0 o confronto direto contra o Vila Nova-GO, que é um dos clubes que estão no G4 brigando pelo acesso.

Um dos motivos da boa campanha do time mineiro é a solidez do setor defensivo. Nas 25 rodadas disputadas até o momento, o América-MG saiu de campo sem sofrer gols em 14 oportunidades, o que faz com que a equipe tenha a melhor defesa da competição com apenas 16 gols sofridos. “Isso é fruto de muito trabalho. Temos um dos melhores goleiros do país e um grupo de jogadores que estão focados no objetivo. Esse é meu primeiro ano no América-MG e posso dizer que estou muito feliz aqui. Quero ajudar o clube a voltar para a Série A, assim como fiz na Chapecoense”, revelou o capitão e xerife da zaga, Rafael Lima.

Conhecido pela sua regularidade em campo, Rafael Lima completou contra o Vila Nova-GO a sua 40ª partida na temporada. “Esse era um dos meus objetivos quando aceitei o desafio de vir para o América-MG. Ano passado tive algumas lesões que me atrapalharam e não joguei tanto como vinha jogando nas últimas temporadas. Estou orgulhoso em poder ter a oportunidade de defender essa camisa tão tradicional no futebol brasileiro e tendo essa regularidade dentro da equipe titular”, destacou.

Líder da Série B com 48 pontos, o América-MG volta a campo apenas na próxima quarta-feira (27), às 19h30, em Porto Alegre, para mais um confronto importante, desta vez contra o Internacional. “Acredito que esse será um jogo chave para a nossa equipe. Caso a gente consiga trazer uma vitória de lá, daremos um grande passo rumo ao nosso maior objetivo na temporada, que é o acesso”, finalizou.

Número de jogos de Rafael Lima nas últimas temporadas:

2013 – 57 jogos (Chapecoense)
2014 – 57 jogos (Chapecoense)
2015 – 49 jogos (Chapecoense)
2016 – 22 jogos (Chapecoense)
2017 – 40 jogos (América-MG)

comentários