Mineiros deixam o Inter para trás e conquistam a segunda divisão nacional após vitória por 1 a 0 sobre o CRB.

• atualizado em 25/11/2017 às 21:28  

Vinte anos depois de conquistá-la pela última vez, o América-MG voltou a comemorar o título da Série B do Campeonato Brasileiro. Em jogo marcado por muito nervosismo, os mineiros superaram o CRB por 1 a 0, na tarde deste sábado, em Belo Horizonte (MG), pela última rodada da competição. O zagueiro Rafael Lima anotou o único gol no estádio Independência, que teve seu recorde de público quebrado: 22.481 torcedores. A marca anterior pertencia ao clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro, da final do Mineiro deste ano, que contou com 22.411 espectadores. (assista ao gol abaixo)

SAIBA MAIS

VEJA COMO FOI: América-MG 1 x 0 CRB

Com este resultado, o América encerra sua participação na Série B na ponta, com 73 pontos, dois a mais que o vice-campeão Internacional, apontado como favorito antes do início da competição. De quebra, o time volta a levantar o troféu da Série B após duas décadas. Em 1997, fora campeão em um quadrangular final que contou com a Ponte Preta, promovida à elite como vice, além de Vila Nova-GO e Náutico.

Em compensação, o CRB termina próximo dos últimos colocados, com 45 pontos. Apenas um à frente do Luverdense, primeiro na zona de rebaixamento. Apesar de cumprirem tabela, os alagoanos fizeram jogo parelho.

Apesar de precisar da vitória para ser campeão sem necessidade de tropeço do Inter, o América começou o jogo em um ritmo mais lento que o esperado. O time mineiro não conseguiu impor seu futebol e, em muitos momentos, viu o CRB ser mais ofensivo. Os donos da casa parecem ter sentido a pressão pela vantagem na disputa do título. Tanto que só conseguiram pressionar no final da etapa, quando finalizaram três vezes. Duas delas em conclusões do meia Ruy.

Aos 45 minutos, ele recebeu do atacante Bill e soltou uma pancada no travessão. Aos 51 minutos, ele bateu da entrada da área, tirando tinta do travessão. Já aos 48, o atacante Luan tocou na saída do goleiro Edson Kölln e a bola pegou na rede por fora.

Depois de terminar a primeira etapa em cima, o América manteve a intensidade no início da segunda. Logo aos dois minutos, o time já deu seu cartão de visitas. Após cruzamento da esquerda, o lateral Norberto apareceu como elemento surpresa na área e cabeceou para grande defesa de Edson Kölln.

Depois de tanto pressionar, o clube mineiro finalmente conseguiu chegar ao gol do título aos 20 minutos. Depois de uma cobrança de escanteio da direita, o zagueiro Rafael Lima apareceu livre na segunda trave e empurrou com a coxa, sem chances de defesa para o goleiro. Depois disso, foi priorizar a marcação e segurar a vitória e o título.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 1 X 0 CRB
AMÉRICA-MG – Fernando Leal; Norberto, Messias, Rafael Lima e Giovanni; Juninho, Ernandes e Ruy (Zé Ricardo); Felipe Amorim (Renan Oliveira), Luan e Bill. Técnico: Enderson Moreira.
CRB – Edson Kolln; Marcos Martins (Marion), Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Olívio, Rodrigo Souza (Tony), Yuri, Chico e Edson Ratinho; Zé Carlos (Neto Baiano). Técnico: Mazola Júnior.
GOL – Rafael Lima, aos 20 minutos do segundo tempo.
ÁRBITRO – Luiz Flávio de Oliveira (SP).
CARTÕES AMARELOS – Juninho (América-MG); Flávio Boaventura e Neto Baiano (CRB).
RENDA – R$ 98.353,00.
PÚBLICO – 22.481 torcedores.
LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Reportagens relacionadas

comentários