Robinho é condenado a 9 anos de prisão por violência agressão sexual na Itália

Crime teria sido cometido contra uma jovem albanesa em 2013, quando atuava pelo Milan.

• atualizado em 23/11/2017 às 15:51  

© Getty Images

A nona seção do tribunal de Milão, presidida por Mariolina Panasiti, condenou o atacante Robinho, do Atlético-MG, a nove anos de prisão por agressão sexual grupal a uma garota de 22 anos, em uma discoteca em Milão, em 22 de janeiro de 2013. A decisão foi proferida pela juíza Mariolina Panasiti, nesta quinta-feira (23/11). As informações são do diário La Gazzetta dello Sport.

O abuso teria acontecido sobre uma jovem albanesa, na época com 22 anos, em uma discoteca, quando o jogador atuava pelo Milan.

O jogador já foi acusado de estupro em 2009, quando defendia o Manchester City, da Inglaterra, mas na época, a polícia desmentiu o caso após investigação.

Aguarde outras informações

comentários