Das seis rodadas disputadas até então no Campeonato Mineiro, o Tombense terminou quatro dos seus compromissos sem ter sua rede balançada.

 

Das seis rodadas disputadas até então no Campeonato Mineiro, o Tombense terminou quatro dos seus compromissos sem ter sua rede balançada. Essa solidez defensiva faz com que a equipe de Tombos tenha um bom começo de temporada no G-4 do estadual, que dá vaga para as semifinais da competição.

Apesar do bom momento, o técnico do Gavião Carcará, Raul Cabral, mantém os pés no chão, principalmente porque na temporada passada o Tombense brigou contra o rebaixamento no Campeonato Mineiro. No próximo sábado, às 16h, a equipe vermelha e branca volta a campo em casa diante da Caldense. Se somar os três pontos, o Tombense praticamente sacramenta sua permanência na elite do estadual com quatro rodadas de antecedência. “Nosso objetivo inicial é evitar o rebaixamento, principalmente pela dificuldade do último ano. Analisando as últimas temporadas, o time que somou 13 pontos garantiu sua permanência. Se vencermos a Caldense chegaremos a essa pontuação e, com isso, acredito que nos livraremos do rebaixamento”, declarou o treinador de 35 anos.

O duelo diante da Caldense é considerado de seis pontos pelo Tombense. Enquanto a equipe de Tombos fecha o G-4 com 10 pontos, o time alviverde está em sétimo lugar com oito pontos. Por isso, a atenção é redobrada para o confronto. “É um clube de tradição no estado e que foi finalista em 2015. Certamente virão motivados, pois vem de um resultado positivo. Já estudamos bem a equipe deles e esperamos fazer um bom futebol mesmo sabendo que será um jogo difícil, e sair de campo com os três pontos”, projetou Raul Cabral.

Na última rodada, o Tombense venceu o Democrata no estádio Almeidão e volta a atuar diante do seu torcedor contra a Caldense. Além do fator casa, outro ponto importante na confiança de Raul Cabral é que seus comandados não foram vazados contra equipes do interior. “Queremos fechar bem essa sequência em casa. A cada rodada vejo um time mais equilibrado. Estamos bem na defesa e corrigindo algumas pequenas falhas no último passe e finalização. Existe um equilíbrio muito grande entre os times do interior. Mantendo esse retrospecto de não sofrer gol ficaremos perto do objeto inicial e depois concentraremos nossas forças em colocar o clube nas semifinais”, finalizou.

comentários