Equipe mineira fez a melhor a campanha de sua história, mas acabou eliminada na última semana pelo CSA.

 

Saldo positivo. Assim o técnico Raul Cabral definiu a campanha do Tombense na Série C do Campeonato Brasileiro. A equipe mineira fez a melhor a campanha de sua história e conseguiu a inédita classificação para as quartas de final, mas acabou eliminada na última semana pelo CSA.

Ainda que não tenha conseguido o acesso à Série B, o comandante do time de Tombos ressaltou o trabalho do grupo e avaliou como positivo o desempenho na competição nacional. “A equipe oscilou bastante no inicio, não foi um bom começo, mas o grupo soube reagir e cresceu ao longo do campeonato. Conseguimos essa inédita vaga para a segunda fase e, infelizmente no mata-mata, os detalhes fizeram a diferença e acabamos sendo eliminados pelo CSA, que fez por merecer essa classificação. Mas no geral, considero que o saldo foi positivo, até pelo crescimento da equipe e a classificação para as quartas, foi uma grande experiência. Deixamos grandes equipes para trás e tivemos o apoio da torcida, que bateu recorde de público do estádio no último jogo”, destacou o jovem treinador Raul Cabral, que completa 36 anos de idade nesta sexta-feira (06).

Com o futuro incerto, o técnico deve definir nas próximas semanas se continua ou não sob o comando do clube mineiro. “Estou em Santa Catarina aproveitando para ficar com a minha família, esposa e filhos. Meu contrato com o Tombense terminou junto com o fim do campeonato e por enquanto não tenho nada definido”, concluiu.

comentários