Feacoop traz tecnologia e sustentabilidade dos dias 31 de julho a 03 de agosto em Bebedouro.

 

Para discutir o panorama dos últimos anos, a evolução do mercado e os avanços com inovação e tecnologia é que acontece a Feira de Agronegócios Coopercitrus, a Feacoop 2017. “É muito importante que a UPL esteja dentro do cooperativismo no agronegócio e participar de uma Feacoop, uma feira que cresce com consistência ano a ano, nos garante um melhor acesso ao mercado em um espaço de grande relevância para nos conectarmos aos cooperados”, afirma Fernando Gilioli, Desenvolvedor de Mercado da UPL.

“A UPL tem apresentado o maior crescimento do setor nos últimos anos, e como parte de seu plano estratégico está ampliar sua presença em importantes cultivos como cana-de-açúcar, HF, citros, café e cereais. Neste sentido, a Feacoop é uma grande oportunidade para apresentarmos nosso amplo portfólio. Nosso objetivo é o de levar soluções e otimização para o produtor, que precisa ampliar produtividade e qualidade de forma a atingir uma rentabilidade maior. E por isso, entregamos soluções com tecnologia suficiente para que o produtor tenha essa segurança de entrega”, conta Giano Caliari, Gerente de Culturas da UPL.

O Brasil é detentor de cerca de 7% do comércio agrícola no mundo e o MAPA vem falando em possibilidades para alcançar a casa de 10% atingindo 42 países além da União Europeia. E para acompanhar o Brasil nesta jornada, a UPL investe cada vez mais na inovação tecnológica, pensando em soluções que ajudem no manejo e no controle de doenças e pragas que tem gerado um aumento na resistência em várias culturas em todo país.

“Sperto é nosso mais novo inseticida multiuso, que controla com alto desempenho importantes pragas das principais culturas plantadas no Brasil e com seletividade a inimigos naturais. Essa é uma grande oportunidade para podermos apresentar essa solução e debater sobre o que aconteceu nas últimas safras. O inseticida Sperto soma-se ao já consagrado fungicida Unizeb Gold, tão utilizado na soja e em outras culturas. É ideal para o manejo de resistência no controle de Ferrugem Asiática. Sua ação multissítio age em vários pontos de metabolismo do fungo mantendo eficiência no controle.”, explica Rogério Rangel, Diretor de Marketing da UPL.

Investir em soluções efetivas de manejo é a melhor oportunidade para contribuir para produtividade e rentabilidade do produtor. “É importante se discutir sobre os temas principais do campo, buscando sempre se atualizar e colocar em prática esses aprendizados nas safras seguintes”, finaliza Gilioli.

comentários