Confira dicas de Rodrigo Fulgêncio, coordenador do Poliedro, marca educacional que figura entre as melhores posições no ranking do Enem 2015.

 

Falta pouco tempo para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que ocorre entre os dias 5 e 6 de novembro. Pensando nos estudantes que estão correndo contra o relógio, Rodrigo Fulgêncio, coordenador da Turma Medicina do Curso Poliedro, marca educacional que figura no ranking das 100 melhores escolas do Enem 2015, preparou algumas dicas para ajudar os candidatos a se saírem bem no dia da prova.

Confira:

1) Tenha uma boa alimentação no dia da prova

Uma boa alimentação antes da prova também é importante, já que serão horas resolvendo questões. Recomendamos que os alunos procurem comer alimentos que possuam carboidratos de reduzido índice glicêmico (em geral os integrais) e que sejam ricos em fibras, pois eles ajudam a prolongar a saciedade e regular o açúcar no sangue. Devem-se evitar barras de chocolate, refrigerantes e doces durante a prova, já que eles têm alto índice glicêmico e liberam rapidamente açúcar no sangue;

2) Reserve um tempo para preenchimento do cartão resposta

O tempo de preenchimento do cartão-resposta deve estar muito bem dimensionado antes de se fazer a prova. Se, ao faltar meia hora para o término da prova, o aluno já iniciar o preenchimento do cartão-resposta e finalizar em 20 minutos, perde-se 10 minutos que poderiam ser utilizados para a resolução ou checagem das questões. Logo, é importante dimensionar e cronometrar o tempo gasto para o preenchimento do cartão-resposta;

3) Dedique tempo para a redação

No dia da prova de redação, uma tática utilizada por muitos alunos é inicialmente ler o tema da redação e fazer um brainstorming rápido de ideias em um rascunho, para depois começar a resolver as questões. Durante a resolução dos testes novas ideias para a redação podem ir aparecendo e estas devem ser anotadas no rascunho. Na parte final, reservar de 45 minutos a 1 hora para escrever a redação;

4) Deixe as questões mais difíceis para o final da prova

É importante que o aluno, durante a resolução das questões objetivas, não perca muito tempo em questões muito difíceis. A estratégia mais adequada é pular as questões difíceis e fazer inicialmente as mais fáceis;

5) A leitura de jornais e revistas pode ajudar na elaboração da dissertação

O Enem exige a produção de uma redação dissertativo-argumentativa, que deve relacionar questões sociais, políticas, culturais e científicas a partir de uma situação-problema. Além disso, diferentemente de muitos vestibulares, a redação do Enem exige que o candidato proponha uma solução para o problema apresentado no tema. Assim, será preciso utilizar criatividade e conhecimento de mundo para propor soluções fundamentadas, defendendo de forma coerente o seu ponto de vista. Essa proposta de intervenção deve ser realista e respeitar os direitos, evitando qualquer tipo de argumentação preconceituosa ou racista. A leitura de jornais, revistas e conteúdo da internet é importante para o candidato se preparar para produção dessa redação;

6) Durma bem

O corpo também precisa estar preparado para enfrentar horas de prova. Por isso, no dia que antecede o Enem, é preciso ter uma alimentação leve, saudável e, principalmente, dormir a quantidade de horas necessárias para um bom descanso.

Sobre o Poliedro

O Poliedro tem nos resultados dos Vestibulares de Medicina a comprovação de excelência de sua metodologia. No Vestibular 2016, o Poliedro foi a marca educacional que mais aprovou na USP Pinheiros, contabilizando 71 aprovados das 175 vagas disponíveis.

Ao todo, o Poliedro já contabiliza, em 2016, 1.397 aprovados pelo Sisu/Enem, em 86 universidades de 23 diferentes estados, mais o Distrito Federal. Há 20 anos, o Poliedro é o curso que mais aprova no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Neste ano, os alunos conquistaram 43 das 140 vagas disponíveis no Instituto. Mais dados em //www.poliedroaprovacoes.com.br/.

comentários