Virgínia Célia Marcelo, arquiteta e professora da Universidade Anhembi Morumbi, lista soluções eco eficientes para moradias.

 

A preocupação com o meio ambiente tem aumentado cada vez mais na sociedade. O colapso dos recursos naturais e as constantes alterações climáticas mostram que é preciso adotar uma postura diferente com o meio ambiente. Com isso, a procura por uma vida mais sustentável é um ideal para muitas pessoas e, uma das formas de atingir este objetivo é pela casa em que habitamos. Segundo a Green Building Council, o mercado de construção sustentável no Brasil vem crescendo e, nos primeiros quatros meses do ano, foram registradas 73 certificações Leed (sistema de avaliação de construções), o maior número desde 2012.

Segundo Virgínia Célia Marcelo, docente do curso de Arquitetura e Urbanismo da Anhembi Morumbi, integrante da rede internacional de universidades Laureate, atualmente não é possível conceber um projeto de arquitetura sem pensar na sustentabilidade. “Não há como desenvolver um projeto que não leve em consideração o conforto térmico, a qualidade do ar, o reuso da água e o uso correto dos materiais de construção. Apesar de se atrelar a sustentabilidade com o meio ambiente, ela também está ligada à qualidade de vida da pessoa”, afirma a especialista.

Para transformar o lar em um lugar mais aconchegante e que respeite a natureza, não é preciso gastar muito. “Em geral, as pessoas acreditam que tudo o que é sustentável é mais caro, mas se o projeto estiver adequado às questões climáticas, como exemplo, alinhado com a orientação solar, com o aproveitamento da ventilação natural, com torneiras que limitam o uso de água, o gasto não é muito alto”, explica Virgínia.

A especialista garante ainda, que não é preciso realizar grandes reformas para atingir o ideal de uma casa mais sustentável. Mesmo para quem vive em uma residência alugada, onde reformar pode ser um empecilho, pequenas atitudes podem melhorar a eficiência da residência. Confira as dicas:

  • Pinte as paredes com cores claras; Isso ajuda a refletir a luz natural dentro do ambiente;
  • Escolha corretamente as esquadrias da casa (portas, janelas, portões, venezianas etc); Elas podem proporcionar ventilação permanente, reduzindo uso de ventilador e ar-condicionado;
  • Instale equipamentos sanitários que limitam o uso da água; Essa atitude ajuda a preservar o recurso;
  • Reaproveite a água da chuva para regas de jardim ou para uso nos sanitários;
  • Substitua as lâmpadas incandescentes pelas de LED; Elas proporcionam melhor eficiência energética e redução no consumo de energia elétrica;
  • Faça um planejamento de paisagismo para a casa; A técnica garante melhor uso dos espaços e maior conforto ao morador;
  • Escolha móveis que sejam feitos com materiais de baixo impacto, como madeira de demolição e tintas naturais;

Sobre a Anhembi Morumbi 

A Universidade Anhembi Morumbi, uma universidade de fronteiras e mentes abertas, é a primeira instituição internacional de ensino superior do Brasil. Desde 2005, faz parte da rede internacional de universidades Laureate, a maior do mundo, presente em 28 países, com mais de 80 instituições de ensino superior, totalizando mais de 1 milhão de alunos. São oferecidos programas de graduação, graduação tecnológica e pós-graduação lato e stricto sensu. Possui oito escolas, abrangendo as áreas de Ciências da Saúde; Turismo e Hospitalidade; Negócios; Direito; Artes, Arquitetura, Design e Moda; Comunicação; Engenharia e Tecnologia; e Educação. Seus seis câmpus  estão localizados na região da Avenida Paulista, na Vila Olímpia, no Centro, no Morumbi e no Vale do Anhangabaú. A Universidade Anhembi Morumbi possui laboratórios de última geração e diferenciais como a internacionalidade, já tendo enviado, desde 2006, milhares de alunos do Brasil para realização de cursos no exterior, além de receber centenas de estudantes estrangeiros em seus câmpus, que se tornaram locais multiculturais para o aprendizado. Outras vantagens são programas de dupla titulação – permitindo ao aluno ter diplomas válidos no Brasil e em outros países – e o Global Career Center, um portal com milhares de oportunidades de estágios e postos de trabalho no Brasil e no exterior.

Sobre a Laureate Brasil

A Laureate Brasil, integrante da rede global líder em ensino superior Laureate International Universities, é formada por 12 instituições de ensino superior que possuem mais de 50 campi em oito estados brasileiros. Fazem parte da rede Laureate Brasil: BSP – Business School São Paulo; CEDEPE Business School; Complexo Educacional FMU; Centro Universitário do Norte (UniNorte); Centro Universitário IBMR; Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter); Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul (FADERGS); Faculdade dos Guararapes (FG); Faculdade Internacional da Paraíba (FPB); Universidade Anhembi Morumbi; Universidade Potiguar (UnP); e Universidade Salvador (UNIFACS).

Sobre a Laureate International Universities

Líder global no segmento de educação superior, a Laureate International Universities é formada por mais de 80 instituições de ensino e reúne em sua comunidade acadêmica mais de 1 milhão de estudantes em 28 países nas Américas, Europa, Ásia, África e Oriente Médio. As instituições da Laureate oferecem cursos de graduação e pós-graduação (lato e stricto sensu) em áreas como arquitetura, administração, engenharia, gestão de hospitalidade, direito e medicina. Muitas instituições da Laureate estão classificadas entre as principais escolas de ensino superior de suas respectivas regiões, países e áreas de atuação, recebendo reconhecimento internacional por sua qualidade acadêmica. Para saber mais, visite www.laureate.net.

comentários