Investigados fugiram após a ação criminosa. Motivação é em decorrência de uma desavença entre um dos investigados e o irmão da vítima.

 

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), na segunda-feira (21), concluiu o inquérito policial que apurou o crime de homicídio tentado, ocorrido no dia 03 de junho deste ano, no Município de Perdizes (MG).

Na época dos fatos, os investigados fugiram após a ação criminosa, sendo que a Polícia Civil conseguiu a qualificação de um deles, sendo solicitada a prisão temporária à Justiça.

Após alguns dias, o investigado foi preso, e as investigações seguiram com a identificação do outro comparsa, que é irmão do investigado preso temporariamente.

A vítima, na época dos fatos, sofreu um ataque dos investigados, sendo desferidos aproximadamente vinte golpes de faca. A vítima conseguiu fugir pulando um muro, sendo encontrada gravemente ferida.

A motivação é em decorrência de uma desavença entre um dos investigados e o irmão da vítima (dívida de jogo), bem como de ameaças proferidas a partir desta briga entre os envolvidos.

De acordo com o Delegado Luís Gustavo Oliveira, a Polícia Civil conseguiu juntar provas de que os investigados E. S. e E. S. foram os autores do crime de homicídio qualificado tentado.

Os investigados foram indiciados pela prática do crime previsto no artigo 121, par. 2º, II c.c 14, II do Código Penal.

comentários