Rede de apoio inclui amparo logístico e psicológico em Janaúba e em Belo Horizonte, onde crianças estão internadas.

 

A Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), por meio de sua Diretoria Regional em Montes Claros, está dando todo apoio às famílias das vítimas da tragédia ocorrida na manhã de quinta-feira (5/10) no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, em Janaúba, Território Norte, que resultou em mortes e ferimentos em crianças e adultos. O governador Fernando Pimentel, que esteve em Janaúba, decretou luto oficial de três dias em todo o estado.

Ainda na quinta-feira, a secretária de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Rosilene Rocha, que acompanhou o governador e a presidente do Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas), Carolina Pimentel, em visita às vítimas e familiares, determinou todo o empenho da diretoria regional.

Segundo Soledade Queiroz, diretora da Regional da Sedese em Montes Claros, oito famílias foram acolhidas em uma casa cedida no município pelo Colégio Marista. Além da alimentação e auxílio logístico para o deslocamento para Janaúba e Belo Horizonte, onde vítimas estão internadas, os familiares contam também com apoio psicológico, que é prestado com o auxílio da Faculdade Pitágoras.

Doações

Já em Belo Horizonte, o Servas está recebendo doações para os familiares das crianças que estão internadas no Hospital João XXIII. As famílias ficarão alojadas em casas de apoio e acolhimento e instituições filantrópicas próximas ao HPS.

O Servas recebe doações de água mineral, alimentos, lanche, material de limpeza e de higiene pessoal e roupas de cama. As doações poderão ser encaminhadas para a sede do Servas, à Avenida Cristóvão Colombo 683, Funcionários, Belo Horizonte. Neste final de semana uma equipe ficará de plantão no local para receber as doações das 10h às 15h.

comentários