Ex-prefeito foi preso durante a manhã desta quinta-feira.

• atualizado em 13/11/2017 às 14:29  

A Polícia Civil de Minas Gerais e o Ministério Público realizou na manhã desta quinta-feira, 9, a Operação Purgamentum que investiga fraudes em contratos de prefeituras com empresas de serviço de limpeza e coleta de lixo.

De acordo com as informações do MP, foram cumpridos oito mandados de prisão preventiva e doze mandados de busca e apreensão em Passos, no Sul de Minas. Ao todo, serão cumpridos 15 mandados de prisão, 44 de busca e apreensão e 11 conduções coercitivas.

Entre os presos está o ex-prefeito da cidade, Ataíde Vilela (PSDB). Além de Passos, a operação aconteceu em cidades do interior de São Paulo, como Batatais, Ribeirão Preto, Patrocínio Paulista e Monte Alto.

comentários