Palácio das Artes recebe show de lançamento do último DVD e CD de Vander Lee

Um ano e quatro meses após a súbita partida do cantor e compositor, o esperado DVD e CD Vander Lee 20 Anos será lançado no dia 10 de dezembro, com um show especial no Palácio das Artes.

 

Gravado no teatro do Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, no dia 02 de julho de 2016, o show é o último registro audiovisual deixado por Vander Lee, que faleceu um mês após a gravação. O show foi concebido com o objetivo de abrir as comemorações oficiais dos 20 anos de uma carreira marcada por vários sucessos na voz de dezenas de intérpretes incluindo nomes como Gal Costa, Maria Bethânia, Fábio Jr., Alcione, Daniela Mercury, Luiza Possi, entre tantos outros. Com este trabalho Vander Lee rompeu um hiato de 10 anos do DVD “Pensei que fosse o céu”, registrado em 2006, no Palácio das Artes, em Belo Horizonte.

Este novo trabalho é fruto de um extenso planejamento desenvolvido por Vander Lee em parceria com a empresária Rossana Decelso, responsável pela gestão da carreira artística do cantor e compositor. O objetivo do DVD era comemorar os 20 anos de carreira além de demonstrar a maturidade adquirida pelo músico nos palcos e também nas composições. Com a morte prematura do artista e logo depois do diretor Darcy Burguer, responsável pela gravação, Rossana não mediu esforços para correr atrás da finalização deste trabalho, que agora será lançado para os fãs.

O repertório do CD e também do DVD reúne canções que estão nos últimos 4 CD´s lançados pelo artista: Faro (2009,) Sambarroco (2012), Loa (2014) e do mais recente 9 (2016), que traz uma seleção de canções assinadas por Vander Lee, mas que só haviam sido gravadas por outros intérpretes e também algumas músicas que ele já havia lançado apenas em versões ao vivo, mas sentia falta de um registro em estúdio.

A banda do show de lançamento do DVD será formada pelos mesmo músicos que integravam a banda de Vander Lee: Mateus Barbosa (violão e guitarras), Ramon Braga (bateria), Christiano Caldas (teclado) e Enéias Xavier (baixo e direção musical).

Singles Vander Lee CD/DVD 20 anos para download/streaming:
“Seu Rei” – todas as plataformas
//onerpm.lnk.to/VanderLee
“Seu Nome”-
SPOTIFY [//goo.gl/sA7qwu]
ITUNES / APPLE MUSIC [//goo.gl/17izyy]
DEEZER [//goo.gl/V4p4vf]
GOOGLE PLAY [//goo.gl/Ww2tRw]

Sobre Zeca Baleiro – www.zecabaleiro.com.br

Zeca Baleiro nasceu em 11 de abril de 1966, em São Luís do Maranhão e lançou seu primeiro disco, “Por Onde Andará Stephen Fry?”, em 1997. Artista plural, Zeca Baleiro construiu uma carreira sólida, sempre surpreendendo público e crítica a cada trabalho. Com melodias certeiras, arranjos elaborados e poesia em alta voltagem, Baleiro apresenta sua espirituosa visão de mundo em canções originais. Desde seu primeiro trabalho, lançou outros nove discos de canções inéditas, oito DVDs e, além disso, tem se revelado sagaz intérprete de outros compositores e se envolvido com novas áreas, como o teatro e a literatura.

Em 2014 lançou seu primeiro álbum infantil, “Zoró [bichos esquisitos] Vol.1”, que ganhou um aplicativo e saiu em DVD com animações em 2016, mesmo ano em que lançou “Era Domingo”, seu 10º álbum de composições inéditas. Ainda em 2014, Zeca publicou seu segundo livro, “A Rede Idiota e outros textos”, uma coletânea de artigos publicados na revista IstoÉ e no blog Questões Musicais, da Revista Piauí, e também dissertações que foram escritas originalmente e especialmente para o livro.

Em 2017, Zeca Baleiro celebra os 20 anos de carreira discográfica com uma série de álbuns digitais. Os dois volumes que reúnem colaborações com outros artistas, “Arquivo_Duetos”, já estão em todas as plataformas digitais. O artista também tem criado trilhas originais para cinema, dança e teatro. Entre elas, pra cinema: a canção-tema do filme “Carmo”, de Murilo Pasta (prêmio do público de melhor filme da Mostra Internacional de São Paulo de 2009), a trilha do longa “Oração do Amor Selvagem”, de Chico Faganello, e “Flores para os Mortos”, um curta-metragem experimental de Joel Yamaji; as de dança: “Cubo”, do grupo paulista Lúdica Dança, “Geraldas e Avencas”, do grupo mineiro 1º Ato, e “Mãe Gentil”, espetáculo multimídia do coreógrafo Ivaldo Bertazzo; e pra teatro: “Quem tem medo de curupira?”, “Lampião e Lancelote”, “A Paixão Segundo Nelson” e “Roque Santeiro”.

Sobre Mauricio Tizumba – www.tizumba.com.br

Maurício Tizumba deu início a sua carreira no começo da década de 70, nos bailes e nas noites de bares em Belo Horizonte. Com uma carreira artística diversificada, transitando em diferentes esferas culturais, como o teatro, cinema e televisão, Mauricio Tizumba completou, em 2017, 45 anos de carreira e 60 anos de idade. Além de seu reconhecimento na carreira musical, Tizumba possui um percurso de grande relevância para a arte afro-brasileira, uma vez que, em toda sua história musical, o artista traz consigo o congado mineiro do qual é participante (manifestação religiosa com mais de três séculos de existência), mostrando sua importância e presença na identidade do nosso povo.

Sua trajetória artística marca também a luta e a conquista de ampliar o acesso à cultura em Minas Gerais, democratizando a arte para todas as classes e grupos sociais. Suas composições e trabalhos não musicais sempre buscaram as ruas, praças e povo, com o objetivo claro de sensibilização para a arte, para a cultura negra, e para manifestações culturais em geral.

Ao longo dos 45 anos de carreira, Mauricio Tizumba participou de festivais musicais relevantes em todo mundo, como o Dhaka International Folk Fest 2017, realizado em Bangladesh, o Festival New Orleans Jazz & Heritage, e da 18ª Edição da Popkomm, uma das maiores feiras musicais da Europa. Ainda, Tizumba dividiu o palco com Milton Nascimento, durante o show Tambores de Minas, realizado no Lincoln Center em Nova Yorque e, também, foi escolhido pelo governo de Minas Gerais junto de outros artistas mineiros para representar o Brasil no “Ano do Brasil na França”, um evento criado pelos governos brasileiro e francês para aproximar ambos países em manifestações artísticas e culturais.

Serviço

Lançamento do CD e DVD “Vander Lee: 20 anos”, com Zeca Baleiro, Mauricio Tizumba, Lucas Rasta, Clara e Laura Catarina
Data: 10 de dezembro de 2017 – domingo
Local: Grande Teatro do Palácio das Artes(Avenida Afonso Pena, 1537 – Centro)
Horário: 20h.
Classificação: Livre
Ingressos: R$120 inteira e R$60 meia
Vendas: www.ingressorapido.com.br
Informações para o público: (31) 3236-7400

comentários