A Polícia Civil, apreendeu nesta terça-feira (6), o homem suspeito de ter matado um fiscal, em um ônibus de Belo Horizonte. O crime aconteceu na manhã da última quinta-feira (1°), dentro do coletivo 1502 (Vista Alegre/Guarani), na  na Avenida Cristiano Machado, no bairro Ipiranga, na Região Nordeste na capital.

O suspeito, conhecido como “Luquinha”, teria atirado em um fiscal, ao cobras para pagar a passagem, durante a discussão atirou. Lucas Gomes de Oliveira estava com a prisão temporária decretada pela Justiça.

Além do fiscal, Webert Eustáquio de Souza, de 33 anos, que morreu na hora, outras duas pessoas ficaram feridas e foram socorridos pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e levados para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII.

No dia anterior ao crime, Lucas, teria brigado com outros fiscais, após o desentendimento, que ocorreu na linha 1509 (Califonia/Tupi), na mesma empresa, as câmeras de segurança registraram o suspeito descendo do veículo. Segundo o delegado Emerson Morais, os fiscais pediram para que ele pagasse a passagem e, por isso, teria começado a discussão, poucas horas mais tarde, teria ido até à empresa de ônibus para procurar o fiscal com quem havia brigado. Na ocasião, ele estaria armado.

Vídeo mostra os desrespeitos dos passageiros durante a morte de fiscal dentro do 1502.

Relacionados

comentários